Wednesday, January 05, 2011

Era dum dourado brilhante, daqueles que transpiram a sexualidade, a libido. Seu falo, diminuto, não representava problema algum. Tinha habilidades as quais nenhum outro homem poderia imaginar. Além do sabor de sexo, o qual escorria inclusive pelo olhar, tinha o tato para a coisa. Penetrava como fogo dentro da mente da amada, olho no olho, respirando seus hormônios lentamente. Segurava e apertava numa pressão de suave delicadeza, enquanto sussurrava coisas que estremeciam o corpos e mentes. Sua lingua escorregava pelas covas, sedenta como cobra, em movimentos circulares, vagarosos, tão intensos que podia escutar os musculos enrrijecendo de tesão e, sabia a hora certa de parar e deixar respirar. Os movimentos em ritmos regulares regavam o tempo de impossibilidades.

7 comments:

H A R R Y G O A Z said...

Happy New Year !!!

Que? said...

intenso...que medo...possibilidade de fazer o tempo durar por quanto tempo quiser... tenho medo.... brrrrr...medo

Priscila Milanez said...

bonito.

Geraldo Brito (Dado) said...

Saudações e parabéns pelo blog!

Bel Bellucci said...

Que delíciaaaa! hahahah

Sandrinhors said...

real e sentimental...
muito bom seu blog!
Também tenho um mas ainda estou só começando...mas depois aparece por lá:www.sandrinhors.blogspot.com e se gostar segue!

SEO Perth said...

We are a group of volunteers and starting a new scheme in our community. Your web site offered us with valuable info to work on. You’ve done an impressive job and our entire community will be grateful to you.

-------------------------------
Web Design | Web Design Adelaide | Web Design Brisbane